top of page

Beyoncé, Jay-Z e Big Freedia são acusados de violar direitos autorais em letra de "Break My Soul"

Beyoncé, Jay-Z e Big Freedia estão sendo processados por violação de direitos autorais devido a uma frase contida na letra do hit "BREAK MY SOUL", do álbum "Renaissance", de 2022.


De acordo com o site USA Today, a acusação foi aberta na justiça nesta quarta-feira (22), por um ex-grupo de Nova Orleans, que se chamava "Da Showstoppaz".


No documento, quatro membros que fizeram parte do grupo alegam que Big Freedia usou ilegalmente a frase "release ya wiggle" (que pode ser traduzida como "Liberte seu movimento") em sua música "Explode", de 2014, que posteriormente, serviu de sample em "BREAK MY SOUL", de Beyoncé.


Segundo os artistas, Freedia teria se apropriado da frase do single "Release A Wiggle”, lançado pelo Da Showstoppaz em 2002, em uma mixtape vendida pela BlackHouse Entertainment.

No processo, os quatro ex-membros do grupo ainda citam que Freedia viola 12 vezes os direitos autorais de "Release A Wiggle" em sua música "Explode", contabililizando a frase "release ya wiggle" e outras "substancialmente semelhantes" durante a faixa.


Além de Big Freedia, Beyoncé também é citada como ré no processo justamente por ter usado o sample de "Explode", assim como Jay-Z e outros escritores e produtores creditados em "BREAK MY SOUL".


O USA Today acrescenta que esses quatro ex-membros do grupo Da Showstoppaz, que compuseram a letra "Release A Wiggle", pedem créditos nas duas canções, "Explode" e "BREAK MY SOUL", além de danos relacionados aos lucros obtidos com as faixas (incluindo o uso da frase na turnê de Beyoncé e no filme da série de shows) e royalties por futuro usos de ambas as músicas.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page