top of page

Família tem viagem de R$ 78 mil cancelada dois dias antes do embarque após publicação no Facebook

A norte-americana Tiffany Banks estava animada para embarcar em um cruzeiro ao lado do marido e dos quatro filhos, mas a viagem dos sonhos tomou um rumo inesperado. Dois dias antes do embarque, ela recebeu um e-mail dizendo que a viagem tinha sido cancelada. A causa, como ela viria a descobrir depois, foi uma publicação no Facebook.

A enfermeira contou a saga em uma série de vídeos publicados no TikTok. Segundo Banks, a viagem estava sendo planejada há um ano e custou cerca de US$ 15 mil (R$ 78 mil). Quando ela ligou para a empresa Carnival Cruise para entender o que estava acontecendo, recebeu como resposta que o cancelamento da reserva tinha sido feito por ela mesma, pelo sistema online.

“Gastamos quase US$ 15 mil nessa viagem. Apenas o quarto foi em torno de US$ 12 mil e ainda pagamos por excursões, além de quase US$ 2 mil em voos”, contou em um vídeo publicado em 12 de maio no TikTok, que soma mais de 800 mil visualizações. A enfermeira declarou que nunca cancelou a reserva e que pensou se tratar de um erro no sistema da empresa.

Com o cancelamento, o quarto previamente escolhido por Banks acabou sendo reservado por outro cliente. Para tentar resolver a situação, a empresa ofereceu dois outros quartos, mais simples, para que a família pudesse realizar a viagem, mas a mulher não aceitou a substituição. A política da empresa prevê que o dinheiro não seja devolvido no caso de cancelamentos a menos de 15 dias do cruzeiro.

Como a família Banks vive no estado de Kentucky, eles resolveram pegar os voos para Miami, de onde o navio partiu, para tentar embarcar de última hora, o que não deu certo. Dias depois, a Carnival Cruise entrou em contato para informar a cliente sobre o que aconteceu.


Em outro vídeo publicado no TikTok, Banks mostra que a empresa afirmou que ela foi vítima de roubo de identidade, mas que não houve brecha de segurança no sistema da Carnival Cruise: o problema foi gerado pela própria mulher, ao compartilhar uma contagem regressiva para a viagem no Facebook.

Na publicação, ela mostrou um e-mail da empresa, com o número da reserva visível. Com acesso a essa informação, alguém criou um perfil no site da Carnival Cruise e incluiu o número que pertencia à família Banks. 48 horas antes da viagem, cancelou a reserva. A identidade da pessoa não foi descoberta.

Banks diz que a empresa ofereceu um crédito de US$ 10,4 mil (R$ 54 mil) caso ela publicasse nas redes sociais que o problema havia sido resolvido, mas a mãe recusou a oferta, questionando a facilidade com que alguém conseguiu acessar a sua reserva. “Nunca mais viajo com eles”, desabafou.

Em comunicado enviado ao grupo britânico de mídia LADbible Group, um porta-voz da Carnival Cruise afirmou: "Embora não comentemos nenhuma reclamação ou incidente específico de um hóspede, nunca é uma boa ideia publicar informações pessoais sobre seus planos de viagem, incluindo um número de confirmação de uma reserva, o que poderia permitir que um mau ator ou um ladrão identificado usasse essas informações de forma inadequada ou mesmo ilegal."

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page