top of page

Abusada em casa, menina surta em escola de Sidrolândia: 'mau humor era pedido de socorro'

Menina de dez anos gritou por socorro em uma escola em um assentamento de Sidrolândia. Ela era estuprada e ameaçada de morte, mas a responsável duvidava dos relatos.

Uma professora da escola se deparou com a angústia da garota e acionou o Conselho Tutelar. Uma idosa responsável por ela não acreditava na gravidade da situação. A idosa em questão sofre de alcoolismo e castigava a pequena constantemente, física e emocionalmente.

O jeito agressivo da vítima no convívio social era uma forma dela pedir socorro. No relato, a menina diz que não suportava mais morar naquele local. Apesar das manchas de sangue no colchão, ninguém acreditava na menina. O suspeito passava a mão pelo corpo dela e a obrigava a ficar somente de calcinha.

O Conselho Tutelar de Sidrolândia foi acionado para promover o acolhimento da menina. O acusado teria sido detido e está à disposição da Justiça.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page