top of page

Deolane e Fiuk voltam a se acusar: ‘Tentou me agarrar’

Depois de um longo período de flertes, não reina mais a paz entre Fiuk e Deolane Bezerra. O cantor não gostou nada da atitude da advogada e influencer ao divulgar uma conversa entre os dois, deixando claro que nunca houve um romance entre eles.

Após uma troca de farpas inicial, Deolane e Fiuk voltaram a se acusar nas redes sociais, com a advogada criminalista acusando o artista de tentar agarrá-la enquanto dormia em um rancho. Mais cedo, os dois já apareceram em forte pé de guerra.

Veja pronunciamento de Deolane

“Por que quando um homem não quer ficar com uma mulher, ele é o top, ele seleciona, ele não é emocionado? E quando uma mulher não quer ficar com um homem, ela está se achando, ela está se sentindo, ela está iludindo? Eu só vim aqui falar com vocês pelos inúmeros comentários que eu li nesse sentido”, disse ela, inicialmente.

“Em todos os lugares que eu fui, eu falei bem do Fiuk. Falei que era um gato, um lindo, um fofo, um educado. E ele era. Até ele se frustrar e não conseguir [lidar com a situação]. Todas as nossas conversas foram muito claras. Que aquilo era conteúdo, uma brincadeira. E, quando eu vi que estava passando dos limites, eu quis parar. Eu achei que ficaria tudo bem. Não pensei que depois ele ia ficar remoendo”, acusou a advogada, primordialmente.

“Fiuk, você sabe que isso é uma brincadeira. Você não é o meu estilo de homem, e não é porque você é feio, porque, pelo contrário, eu já falei mil vezes [que você] é um príncipe, é um gato, lindo, fingia ser um doce né, mas, na verdade, você é sonso. Porque eu não vou perder mais meu tempo com isso. Mas para de ser moleque. Para de se fingir de vítima”, acusou.

“Esse seu personagem todo mundo conhece. […] Você tem 33 anos, você não tem 18, não. Olha pra minha cara, iludindo o menino? Que menino? Iludindo quem? […] Tava boa a novelinha, tava. Mas sempre ficou claro que era somente isso. Sempre eu deixei claro que era somente isso. Quando eu quis encerrar esse assunto, eu passei [a ser] a vilã da história”, garantiu.

Acusando-o de agarrá-la enquanto dormia

Deolane então voltou a acusar Fiuk, dizendo que ele tentou agarrá-la: “Você tentou me agarrar lá no rancho, amigo. Eu dormindo. E eu fui dormir na rede, até 10 horas da manhã. Eu sempre ficava na Casa da Barra até o final. Fiquei três dias e vim embora porque você estava me incomodando. Chato, iludido”.


Deolane instala câmeras para pegar ‘línguas das serpentes’!

“Então para de ser babaca. Faça a sua história. Para de ser vítima, para de ser palhaço. Para de ser moleque, você tem 33 anos, babaca, você não tem 18, não. Você não vai montar em mim, não, que eu não sou otária. Não sou a vilã da história, não”, declarou a ex-fazenda, em suma.

“Levanta o c* aí do carro, de dar rolê, e vai para o corre e vai para luta. Para de esperar cair do céu. [Para de esperar] as naves espaciais descerem e os ETs falarem com você o que você tem que fazer”, concluiu Deolane Bezerra, por fim.

Após o pronunciamento de Deolane, Fiuk foi quem voltou a acusar a moça: “Acabei embarcando na brincadeira, foi leve, a gente dava muita risada. Criei carinho por ela como amiga, não entendo esse ódio dela. Eu tenho certeza de quem eu sou hoje em dia, o que eu faço…”.

“Quando aconteceu isso tudo, deixei quieto. Perdemos conexão? Beleza, tudo certo. Aí começou a rolar essa pilha toda, e não entendi nada. Eu me questionei: caramba, onde é que eu errei?”, prosseguiu.


“Devo ter errado em ter dado corda, em ter curtido ela, curtido a brincadeira. Sobre ficar, eu que encerrei essa história. Falei para ela: ‘Vamos parar com essa brincadeira, se a gente é amigo, vamos esclarecer que a gente é amigo’. Uma coisa é a historinha, outra coisa é isso ser verdade”, afirmou.

Ele então rebateu a acusação de tentar agarrá-la: “Putz, eu não sei o que ela queria no fundo, mas eu continuo na boa. Estou de boa, continuo na boa. Uma coisa preciso falar pra vocês: Não sou perfeito, mas luto todos os dias para respeitar as pessoas, as mulheres. Todo mundo que estava com a gente, várias pessoas ouviam da boca dela que eu a respeitava”.

“Não sei o que a Deolane queria. Não sei se ela queria que eu fosse pra cima dela, e agora tá inventando essa história. Eu gosto de respeitar as mulheres. Fico triste de ela querer me fazer mal de algum jeito. É uma pena, cara”, falou o artista, em síntese.


“Não consigo ficar com ódio no coração, mas isso é uma coisa séria. Só isso que eu fiquei chateado: de inventar história de que fui pra cima. Imagina, de jeito nenhum. Fazer um negócio desses pras pessoas acharem alguma coisa? Mão estou entendendo, de verdade mesmo. Era pra ser algo leve. Que tudo isso seja um passo para algo melhor e mais tranquilo”, concluiu Fiuk, por fim, após voltar a acusar Deolane.






Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page